Silvipastoril, prestador de assessoria no Sistema Silvipastoril | Fazenda Triqueda

Silvipastoril

Integração Pecuária & Floresta – Sistema Silvipastoril

Como a pecuária de corte e de leite atravessam um período de redução da margem de lucro, vimos a necessidade de conciliar em um mesmo hectare essas atividades com outra que possibilitasse uma remuneração digna a nosso negócio.

Após muita pesquisa identificamos que a integração de árvores na pastagem possibilita um aumento de até 15 vezes no lucro por hectare.

A solução foi a implementação do sistema silvipastoril com a finalidade de obtenção de carne e madeira para serraria.

Através de um plantio com técnicas de alta precisão, conseguimos deixar o pasto sem gado somente por 6 meses. A introdução precoce de bezerros no sistema ajuda a otimizar o resultado econômico do projeto.

Mais uma vez a Embrapa se fez presente na parceria com a fazenda para a implementação do sistema silvipastoril, proporcionando respaldo fundamental para o sucesso desse projeto.

Em 2002 a Fazenda Triqueda iniciou sua relação com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. A Embrapa foi fundada em 1972 e hoje possui mais de 40 unidades que tratam de assuntos distintos no Brasil e no Exterior com alto grau de tecnologia.

Conceito do Sistema:

“Sistema Silvipastoril é a combinação intencional de árvores, pastagem e gado numa mesma área ao mesmo tempo e manejados de forma integrada, com o objetivo de incrementar a produtividade por hectare.

Diante da importância socioeconômica da cadeia produtiva da carne e do leite para a sociedade, o desafio será o seu desenvolvimento em bases sustentáveis nos quesitos ambiental, social e economicamente viável.

A integração dos componentes pecuário, agrícola e florestal é de vital importância para o desenvolvimento sustentável. Todos de maneira a contemplar as questões pertinentes á mitigação de seus impactos no meio ambiente e permitindo a máxima biodiversidade possível, o uso conservacionista do solo, a produção e conservação da água.

Assim, a introdução do componente florestal nos sistemas de produção deve se dar num enfoque que não admita mais a separação entre agricultura, pecuária e floresta, mas sim o “casamento” desses componentes no meio rural, em prol da qualidade de vida, da sustentabilidade e da estabilidade da produção.”

Vanderley Porfírio da Silva – Embrapa Florestas

Vantagens do Sistema:

Meio Ambiente: seqüestro de carbono, pecuária neutra na emissão de gás metano, reduz a erosão, melhora a conservação da água, reduz a necessidade de fertilizantes minerais, diversifica a produção e aumenta a biodiversidade.

Pecuária (leite/ corte): criação de barreiras de quebra ventos, maior conforto térmico para o animal, diversificação da produção, melhor valor nutritivo da pastagem, maior produtividade por animal e melhoria da distribuição da demanda de mão de obra ao longo do ano.

Florestas: o gado ajuda no controle da matocompetição, na redução do risco de incêndios (devido a diminuição de massa de capim para pegar fogo) e mantém uma receita inicial para a área enquanto as florestas se desenvolvem.

Para mais informações acesse o site da Embrapa Florestas
www.cnpf.embrapa.br/pesquisa/safs/login.htm

Videos Sobre o Sistema Silvipastoril:

Galeria de fotos relacionadas

Fazenda Triqueda - Recursos, tecnologia e sustentabilidade.

Estrada MG-353 Km 59,5 | Coronel Pacheco - MG

Minas Design